AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Famosos / SAIBA MAIS

Ana Hickmann em encontro com Maria da Penha: "Minha vida virou de ponta-cabeça"

Ana Hickmann, que denunciou o ex-marido por violência doméstica, recebeu a ativista virtualmente

Maria da Penha e Regina Célia, vice-presidente do Instituto Maria da Penha, falaram com a apresentadora. - Reprodução
Maria da Penha e Regina Célia, vice-presidente do Instituto Maria da Penha, falaram com a apresentadora. - Reprodução

Anna Hickmann estreou, na noite da última terça-feira (23), uma série de lives informativas sobre violência doméstica. No primeiro bate-papo, a estrela da Record TV recebeu Maria da Penha Fernandes, ativista que dá nome à lei que coibe casos de violência contra a mulher.

A apresentadora, que acusa Alexandre Correa de tê-la agredido e ameaçado, além de crimes financeiros, falou sobre o próprio caso: "Todo mundo sabe que a minha vida virou de ponta a cabeça, passei por situações complicadas dentro da minha casa e por longos anos me mantive calada".

"Até o ponto que precisei pedir ajuda e socorro. Muitas vivem situações que vivi e venho vivendo ainda", completou Hickmann, que contou como enfrentou o ex-marido, em novembro de 2023: "No dia que precisei do socorro disquei 190".

OPINIÃO PROFISSIONAL

ReginaCélia, vice-presidente do Instituto Maria da Penha e também na transmissão, falou: "Infelizmente agressão é um problema que perdura, mas a gente precisa falar e informar. Conhecimento é poder e é importante que estejamos falando de forma objetiva que essas mulheres não estão sozinhas".

"É uma lei completa. Nós não precisamos mexer na letra da lei, mas precisamos alterar as atitudes para que ela inclua, abrace e acolha e traga justiça para todas as mulheres", completou. Maria da Penha, que apareceu no decorrer da live, agradeceu a participação e reforçou a importância do material informativo.

"Ansiosa para que desse tudo certo. Adorando seu posicionamento, suas perguntas. Tudo no maior esforço para que a lei seja mais conhecida e denunciando para que todas as mulheres possam acessar a lei com segurança", disse a ativista.

RELATO IMPORTANTE

Ana voltou a falar, e deu sua versão: "Muita gente diz: 'é o jeito dele. Está errado'". Ela seguiu: "Vou estar sempre aqui abrindo portas, janelas para mulheres que passaram por isso. Toda semana falaremos desse assunto e trazer conhecimento para todas. Não tem classe social, endereço, nada. Serve para todas. Penha você é uma mulher incrível, muito obrigada por ter lutado pelos seus filhos".

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!