AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria

Você sabia que mulheres jovens são mais prováveis de infartar? Saiba como se prevenir

À AnaMaria, Dr. Marcelo Pinho contou os motivos por trás dos infarto de mulheres jovens

Mulheres de 15 a 49 anos se tornaram um dos principais perfis de vítimas fatais de infarto no Brasil - Msgrowth / Freepik
Mulheres de 15 a 49 anos se tornaram um dos principais perfis de vítimas fatais de infarto no Brasil - Msgrowth / Freepik

Uma mulher viralizou recentemente ao comer uma marmita enquanto estava na garupa de uma moto em alta velocidade. Que a vida é corrida, é um fato: mas você sabia que o excesso de estresse pode levar ao infarto fatal? No Brasil, mulheres jovens são o grupo mais propenso a sofrer ataques no coração. Na sequência, veja os motivos e saiba como se prevenir!

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as mulheres chegam a trabalhar até 8 horas a mais do que homens. Nos últimos 30 anos, mulheres de 15 a 49 anos se tornaram um dos principais perfis de vítimas fatais de infarto no país, conforme revelam dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC).

O cardiologista Marcelo Pinho, da rede AmorSaúde, conversou com AnaMaria Digital sobre os fatores ligados aos infartos no grupo feminino. “Temos testemunhado um número cada vez maior de casos de infartos em mulheres jovens devido, principalmente, à negligência ao autocuidado por falta de tempo para a realização de exames periódicos, aferição de pressão arterial e visita ao profissional de Cardiologia por, pelo menos, uma vez ao ano", ele explica.

O profissional da saúde também destaca que a má-alimentação, cheia de ultraprocessados pobres em nutrientes essenciais, contribui para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. O médico acrescenta: "Soma-se a isso os fatores relacionados ao estresse, como sedentarismo, tabagismo, má alimentação, álcool em excesso e obesidade.”

Como evitar infartos?

Pinho adianta que check-ups são obrigatórios, e lista alguns pontos para diminuir o risco de infartos em mulheres:

  • Alimentação balanceada: Optar por uma dieta rica em frutas, vegetais, grãos integrais e proteínas magras é fundamental. Além disso, evitar o consumo excessivo de açúcares, gorduras saturadas e sódio para manter o coração saudável.
  • Atividade física regular: A prática regular de exercícios físicos ajuda a fortalecer o coração e melhorar a circulação sanguínea. Caminhadas, corridas, dança e outras atividades são excelentes opções.
  • Gestão do estresse: Encontrar maneiras de lidar com o estresse, como meditação, ioga ou simplesmente pausas regulares para relaxar, é vital para a saúde cardíaca.
  • Consultas médicas periódicas: Realizar check-ups regulares com um profissional de saúde pode identificar fatores de risco precocemente e permitir intervenções preventivas.
  • Equilíbrio entre trabalho e vida pessoal: Buscar um equilíbrio saudável entre as responsabilidades profissionais e pessoais é essencial para reduzir o estresse.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!