AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria

Grazi Massafera: qual a idade limite para o congelamento de óvulos?

Grazi Massafera realizou congelamento de óvulos; especialista explica condições para o procedimento

Grazi Massafera afirmou que o congelamento de óvulos foi feito por precaução - Instagram/@massafera
Grazi Massafera afirmou que o congelamento de óvulos foi feito por precaução - Instagram/@massafera

O congelamento de óvulos é um procedimento atrativo para mulheres que têm o desejo de adiar o sonho da maternidade, considerando a chegada da menopausa. Atualmente com 41 anos, GraziMassafera, virou notícia ao afirmar que passou pelo tratamento, mesmo não querendo engravidar imediatamente.

Mãe de Sofia, de nove anos, a famosa afirmou ao Wowcast: "Meus óvulos estão congelados, mas hoje em dia eu acho que eu priorizo uma relação. Filha eu já tenho. Se for uma relação legal, que for para ser, vai ser. Se não, não. Tá tudo bem, já tenho a Sofia".

Dúvidas sobre qual é a idade limite para se fazer o procedimento ou, quanto custa fazer congelamento de óvulos, costumam ser comuns na internet. Para solucionar tais questionamentos, AnaMaria Digital entrevistou o ginecologista e obstetra Geraldo Caldeira, membro da FEBRASGO (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) e especialista em reprodução humana.

O médico define a ação de Massafera como 'corretíssima'. E explica: "Se daqui a cinco, sete ou dez anos ela se casar de novo e quiser ter filho, ela tem os óvulos congelados. Mesmo que ela já esteja numa perene menopausa, ainda dá tempo de usar os óvulos congelados para tentar uma fertilização."

ATÉ QUANDO POSSO CONGELAR MEUS ÓVULOS?

Segundo o especialista, o procedimento tem uma faixa etária ideal: até os 35 anos. "Se possível, o melhor é congelar dos 30 até 33 - porque você garante uma quantidade maior de óvulos, com qualidade melhor", ressalta.

Mesmo se o desejo da paciente não for engravidar de imediato, Caldeira recomenda fazer o procedimento para que o desejo da gestação tenha a possibilidade de acontecer por mais tempo - já que os óvulos podem ser guardados por uma década.

"Se, por fim, ela não desejar engravidar, essa mulher pode manter os óvulos lá, doar ou até descartar. Então, o ideal é que toda paciente que não pretende tentar engravidar naturalmente até os 37 anos deixe óvulos congelados", indica. 

QUANTO CUSTA PARA CONGELAR ÓVULOS?

Por ter uma tecnologia avançada, os preços salgados podem assustar. Segundo uma pesquisa realizada pelo Estadão, o congelamento de óvulos hoje está na faixa de R$ 15 mil a R$ 25 mil - alguns beirando a casa dos R$ 30 mil cada tentativa. Além do valor para fazer o procedimento, as pacientes pagam uma quantia anual para deixar os óvulos armazenados nas clínicas. Atualmente, a anuidade custa R$ 1.200.

E será que o plano de saúde cobre este tratamento? Infelizmente, não: "Eles estão cobrindo só nos casos oncológicos. A paciente que teve um câncer de mama, por exemplo, que terá que fazer cirurgia, radioterapia e quimioterapia, tem a sua fertilidade prejudicada. Por isso, ela pode fazer o congelamento de óvulos com a cobertura do plano de saúde", afirma.

Existem casos de empresas que também arcam com os custos de suas funcionárias, para que não tenham preocupações relacionadas à gravidez indesejada. O obstetra também aponta que clínicas frequentemente fecham parcerias com financiadoras para que a paciente consiga financiar esse valor em até 36 vezes.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!