AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Famosos / SAÚDE

Susana Vieira relembra diagnóstico de leucemia: ''Momento vulnerável''

Atriz apontou de onde acredita que veio a força para enfrentar a doença

Da redação Publicado em 28/11/2023, às 08h36

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Susana Vieira no 'Angélica: 50 & Tanto' - Globoplay
Susana Vieira no 'Angélica: 50 & Tanto' - Globoplay

Susana Vieira, de 81 anos, relembrou o diagnóstico de leucemia que recebeu em 2015. Ao participar de um dos episódios de 'Angélica: 50 & Tanto', do Globoplay, a atriz confessou que este foi um "momento muito vulnerável" e apontou de onde acredita que veio a força para enfrentar a doença.

"Tive um momento muito vulnerável, quando fui ao médico e ele disse que eu estava com leucemia. Primeira pergunta que eu fiz: 'Vou morrer?' e ele disse: 'Todo mundo morre'. 'Eu vou ficar careca?' e ele respondeu: 'Possivelmente'. Eu e minha família tínhamos uma viagem para João Pessoa. Entrei no hospital passando muito mal, com falta de ar e eu dizia para o médico: ' Quero ir para a Paraíba. Você não pode me dizer que eu ficarei internada'", contou.

A atriz ainda disse que conseguiu brincar com a situação na época do diagnóstico. "Pedi minha bolsa de maquiagem. 'Eu estou feia. Tem muito médico gato aqui'", recordou, arrancando gargalhadas de Preta Gil e Bárbara Paz, as outras convidadas de Angélica.

Susana contou que sua força veio de um pensamento: não acreditar em vida após a morte. "Então eu falei: 'Não vou deixar acabar, não vou ao encontro do Senhor, do céu, quero aqui, agora'. Isso me salvou."

Além disso, a vaidade foi outro fator que a ajudou ao longo do tratamento. "A gente está vivo porque está se sentindo mulher e vaidosa. Acho que ainda encontro sexo, ainda vou ser beijada na boca. Você acha que vou entregar? Achar que uma pessoa de 80 anos não casa, não beija?", refletiu. "Eu não mudei nada. Porque eu tinha certeza que não ia morrer", destacou.

Em 2015, Susana foi diagnosticada com LLC, um tipo de leucemia crônica, que não tem cura e nem pode ser tratada com cirurgia. Atualmente, a doença está em remissão.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!