AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Famosos / Ação legal

Eliezer contrata equipe para não deixar passar nenhum comentário maldoso contra Lua

Eliezer informou que vai processar todo mundo que estiver atacando sua filha

Da Redação Publicado em 20/11/2023, às 11h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Eliezer informou que vai processar todo mundo que estiver atacando sua filha - Reprodução/TV Globo
Eliezer informou que vai processar todo mundo que estiver atacando sua filha - Reprodução/TV Globo

Eliezer e Viih Tube decidiram agir legalmente contra a enxurrada de comentários maldosos que sua filha, Lua, vem recebendo nas redes sociais. Em uma entrevista ao programa 'Fantástico', o casal expressou sua preocupação com a exposição negativa da criança e anunciou medidas legais contra os agressores.

Eliezer revelou que contratou uma equipe para monitorar e documentar todos os comentários ofensivos nas redes sociais. O casal está determinado a processar todos aqueles que estão envolvidos nesses ataques virtuais. Em seu Stories no Instagram, ele destacou a normalização desses ataques e a necessidade de responsabilizar os autores.

"A exposição justifica algum ataque de forma gratuita contra um ser humano que não sabe nem o próprio nome? Esses ataques que são um crime estão tão normalizados na internet e acontecem com tanta frequência que a culpa de todo ataque é 'ah, mas vocês que estão expondo'", afirmou Eliezer.

A advogada da família também se pronunciou nas redes sociais, esclarecendo os tipos de processos que podem ser movidos contra os agressores. Ela ressaltou que a internet não é uma terra sem lei e que comentários difamatórios, caluniosos e injuriosos podem resultar em processos criminais ou cíveis, com penas que variam de prisão a indenizações financeiras.

O casal encorajou outros que enfrentam situações semelhantes a buscarem a justiça em vez de confrontar os agressores online. Eles destacaram que possuem documentos médicos que comprovam a saúde de sua filha Lua e ressaltaram que comentários destrutivos só contribuem para atacar duas pessoas que estão se dedicando ao bem-estar da criança.

O caso levanta discussões sobre a necessidade de regulamentação e responsabilização de comportamentos inadequados nas redes sociais, especialmente quando envolvem menores de idade.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!