AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Famosos / EITA

Ana Hickmann revela ofensas de ex-marido: "Você está ficando feia e gorda"

Ana Hickmann deu mais detalhes sobre a relação conturbada com Alexandre Correa

O empresário é acusado de agredir e ameaçar a apresentadora. - Reprodução
O empresário é acusado de agredir e ameaçar a apresentadora. - Reprodução

Ana Hickmannfalou pela primeira vez sobre as acusações contraAlexandre Correa à última edição do 'Domingo Espetacular' (26). Além de detalhar a violência física praticada pelo ex-marido, a apresentadora relembrou outro episódios conturbados na relação.

Entre elas, as constantes agressões verbais. A comandante do 'Hoje em Dia' afirmou que o empresário a cobrava excessivamente sobre os cuidados com a própria beleza: "Quando eu chegava e me aproximava, ele perguntava: 'Por que você não tá se cuidando?'".

Comentários negativos sobre o peso a idade da estrela da Record TV eram comuns: "Você tá gorda! Cuidado, tá? Ninguém vai te querer velha. O tempo tá passando", relembrou Hickmann, que se defendia: "Eu falei: 'Poxa, Alê! O tempo passa pra todo mundo. Eu me sinto muito bem".

"'Tá, mas ninguém quer um Ana Hickmann velha. Ninguém quer uma gorda. Tá vendo seu peso? Pelo amor de Deus, peça atenção'", relembrou a loira. 

CONTROLADOR

Ainda na entrevista cedida para Carolina Ferraz, ela expôs o lado controlador de Alexandre: "Ele controlava minha agenda pra qualquer coisa. Eu não tô falando só dos meus trabalhos. Ele determinava quando era o dia da academia, ele determinava quando era o médico".

Hickmann afirmou que os pedidos para que ela realizasse procedimentos estéticos ficaram ainda maior depois do filho do casal, Alezinho, de 9 anos: "Me azucrinando, me perseguindo para fazer uma cirurgia plástica, porque depois que tive meu filho eu tinha que fazer isso". Veja:

PROBLEMAS FINANCEIROS

A modelo contou que percebeu que o marido estava escondendo algo desde o final de 2022 e confirmou que existem dívidas na família. Ela, no entanto, ainda não sabe o valor porque está investigando tudo. Dois dias antes de ser violentada, Ana encontrou alguns documentos suspeitos no escritório de casa.

"Eu encontrei documentos, eu encontrei cheques, eu encontrei muita coisa aqui. Algumas, quando eu olhei, eu não sabia identificar pra que serviam, se eram lícitas ou ilícitas. Assinaturas que eu tenho certeza que não são minhas. Valores que eu me deparei e fiquei 'não é possível [...]". Veja mais aqui.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!