AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria

Cinco erros mais comuns na micropigmentação e como evitá-los

Descubra os cinco erros mais comuns na micropigmentação e como evitá-los para garantir resultados seguros e satisfatórios

micropigmentação - Foto: Reprodução/Freepik
micropigmentação - Foto: Reprodução/Freepik

Os benefícios da micropigmentação são indiscutíveis, mas é fundamental reconhecer que, como qualquer procedimento estético, existem desafios e erros que podem surgir se não forem tomadas precauções adequadas.

Para garantir uma experiência positiva e resultados satisfatórios, é crucial estar ciente dos cinco erros mais comuns na micropigmentação e aprender como evitá-los. AnaMaria conversou com Adriana Alves, instrutora técnica de uma rede de clínicas de medicina estética avançada, sobre o assunto.

Micropigmentação, tintura ou henna? Saiba qual é mais adequada para você

Micropigmentação de sobrancelha: saiba todos os segredos do procedimento

Transplante de sobrancelhas: o que é? Médico explica procedimento

A importância da escolha do profissional qualificado

Erro na avaliação prévia: O primeiro passo para uma micropigmentação bem-sucedida é uma avaliação completa do cliente. Isso inclui histórico médico, alergias, sensibilidades e expectativas. Ignorar esses aspectos pode resultar em complicações durante ou após o procedimento.

É essencial discutir todos os elementos relacionados à saúde do cliente para garantir segurança e satisfação com o resultado final. “O uso de determinados medicamentos ou alguma doença, seja ela crônica ou não, podem levar a complicações durante ou depois do procedimento”, explica Adriana.

Higienização inadequada: Devido à natureza invasiva da micropigmentação, a higienização dos equipamentos e objetos utilizados deve ser meticulosa. Qualquer descuido nesse processo pode causar riscos.

Portanto, é crucial que os profissionais adotem práticas de higiene rigorosas para proteger a saúde do cliente. “Qualquer erro ao higienizar objetos que vão entrar em contato com o sangue da pessoa podem acarretar em riscos de infeções”, explica.

“Para realizar a técnica, usamos um dispositivo manual ou uma máquina para inserir os pigmentos na pele através de pequenas perfurações. Isso cria a ilusão de cor e preenchimento, resultando em sobrancelhas mais definidas, lábios mais corados ou uma linha dos olhos mais marcada”, comenta ela.

Técnica inadequada: A micropigmentação não é uma abordagem única; existem diversas técnicas disponíveis, como microblading e sombreado. A escolha da técnica certa depende das preferências e expectativas individuais do cliente.

Um profissional qualificado deve ter conhecimento suficiente para orientar o cliente na escolha da técnica mais adequada para alcançar o resultado desejado.

Profundidade: A profundidade da pigmentação é crucial para um resultado natural e duradouro. Uma pigmentação muito superficial pode desbotar rapidamente, enquanto uma muito profunda pode parecer excessivamente intensa.

O ideal é atingir a camada superficial da pele, promovendo versatilidade e naturalidade ao longo do tempo, à medida que o pigmento é absorvido de forma gradual.

“Chamamos de microesfoliação, trabalhando assim, promovemos mais versatilidade e naturalidade e com o passar do tempo o pigmento só vai sendo absorvido naturalmente pela pele e não há alteração em sua cor”, explica.

Coloração: A escolha da cor adequada é essencial para garantir um resultado harmonioso e natural. O profissional deve levar em consideração o tom natural dos pelos das sobrancelhas ou outras áreas a serem pigmentadas, evitando cores artificiais ou que não se harmonizem com a tonalidade da pele.

Isso garante que a micropigmentação se mantenha esteticamente agradável, mesmo à medida que os cabelos naturais mudam de cor ao longo do tempo. É fundamental destacar que a qualificação e a experiência do profissional são elementos cruciais para evitar esses erros.

Recomenda-se buscar um profissional com referências sólidas e habilidades comprovadas, pois isso reduz significativamente a probabilidade de complicações e garante resultados que atendam às expectativas do cliente.

Em resumo, a micropigmentação oferece uma maneira eficaz de realçar características faciais, mas é importante estar ciente dos erros potenciais e tomar as medidas adequadas para evitá-los, garantindo assim uma experiência segura, satisfatória e esteticamente agradável.

Leia também

Dica rápida: quatro maneiras de preencher as sobrancelhas

Conheça a Microblanding, técnica para sobrancelhas perfeitas

Olhar marcante: o grande segredo das famosas!