AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Bem-estar e Saúde / SAÚDE BUCAL

Escova de dentes: como cuidar? Especialista soluciona dúvidas frequentes

Cirurgiã dentista dá instruções de como cuidar e quando trocar sua escova de dentes

Redação Publicado em 07/09/2023, às 11h30 - Atualizado em 11/09/2023, às 12h05

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Bateu a dúvida de como cuidar de sua escova de dentes? Confira dicas abaixo - Garetsvisual / Freepik
Bateu a dúvida de como cuidar de sua escova de dentes? Confira dicas abaixo - Garetsvisual / Freepik

Quem nunca deu aquela batidinha da escova de dentes na toalha de rosto antes de guardar? Muitas pessoas não sabem como cuidar, quando trocar ou qual o melhor tipo de cerdas para escovas de dentes. Por isso, AnaMaria Digital conversou com a cirurgiã dentista Diana Fernandes, que solucionou os questionamentos mais frequentes sobre o assunto. Confira na sequência!

Como limpar e guardar a escova de dentes?

A cirurgiã, pela Associação Brasileira de Odontologia, explica: "É muito importante manter a escova de dentes sempre limpa e seca. Após a escovação, dê pequenas batidas na escova para retirar o excesso de água, então guarde-a bem seca na vertical. É importante que a escova fique num lugar o menos úmido possível, longe do vaso sanitário e sem contato com outra escova". Em seguida, a dentista reforça que não se deve secar a escova com toalhas de rosto.

Qual o momento de trocar a escova?

Segunda a profissional da saúde, o ideal é que as trocas ocorram a cada 3 meses. "Independentemente do tipo de escova que você usa, as cerdas podem ficar desfiadas e desgastadas, perdendo efetividade para a remoção da placa bacteriana. Em casos de resfriados ou COVID-19, troque de escova assim que sarar", ela indica.

Escova elétrica ou comum?

"O que realmente importa é a técnica no momento da escovação, mas a escova elétrica pode ser indicada como primeira opção para pacientes com mobilidade reduzida, em casos de doenças neurológicas ou até mesmo para pacientes que usam aparelho ortodôntico fixo", explica.

Como posso escolher a melhor escova?

As escovas com cabeça pequena, arredondada ou triangular são as mais recomendadas. Isso porque conseguem atingir áreas mais difíceis da boca. "As de cerdas duras tendem a machucar a gengiva de pacientes que não usam uma técnica de escovação mais suave e tranquila", detalha Diana.

Qual a diferença entre escovas duras, médias, macias ou extra-macias? Quais suas indicações?

As escovas de dentes que possuam cerdas maiores e mais duras, são indicadas para os usuários de próteses dentárias por serem estruturas rígidas, que acumulam restos de alimentos com facilidade. Já as escovas macias tem como alvo a maioria dos pacientes. A dentista analisa: "Para uma boa escovação, é necessário higienizar a região da gengiva. As escovas duras, além de machucar, podem desgastar os dentes, provocando a retração gengival e sensibilidade".

Como as escovas de dentes devem ser transportadas?

Quando o assunto é viajar, muitas pessoas não sabem a forma correta de levar suas escovas. A especialista finaliza com uma dica importante: "As capinhas protetoras são a melhor opção, desde que tenham furinhos para as cerdas 'respirarem'. Pequenas bolsinhas ou caixinhas também são opções".

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!