AnaMaria
Busca
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaYoutube AnaMariaTiktok AnaMariaSpotify AnaMaria
Bem-estar e Saúde / Intestino

Descubra os verdadeiros benefícios do probiótico para o intestino

Saiba o bem que o probiótico faz para nossos corpos

Karla Precioso

por Karla Precioso

[email protected]

Publicado em 04/09/2023, às 08h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Entenda sobre como o probiótico funciona no nosso corpo - Alicia Harper / Pixabay
Entenda sobre como o probiótico funciona no nosso corpo - Alicia Harper / Pixabay

Estudos mostram que a ingestão regular de alimentos ricos em probióticos pode trazer benefícios duradouros para a saúde, como estimular o sistema imunológico a defender o organismo, a participação da produção de várias vitaminas e enzimas, entre outros.

Activia, do mercado de iogurtes funcionais, reforça: a ingestão diária do produto contribui para a manutenção, equilíbrio e regulação da saúde digestiva. Isso porque os iogurtes funcionais ainda melhoram a função intestinal, ajudam a reduzir o inchaço, além de trazerem alívio a dores abdominais. Saiba mais sobre esse alimento do bem.

SAÚDE DIGESTIVA

Os probióticos são bactérias benéficas que vivem no intestino e melhoram a saúde geral do organismo, trazendo diversos benefícios para a saúde e o sistema imunológico, como melhora da função intestinal, alívio de gases e dores abdominais e redução do inchaço.

Fora isso, os probióticos vivos são microrganismos que conseguem passar a acidez do estômago e chegar ao intestino intactos e vivos. Lá, eles permanecem temporariamente na mucosa intestinal e agem na melhora da saúde digestiva, ajudando a reduzir organismos capazes de causar doenças.

BACTÉRIAS BOAS

Os probióticos são importantes para o equilíbrio da microbiota intestinal, aumentando a quantidade de bactérias boas e ajudando a reduzir as bactérias ruins que, naturalmente, estão em nosso sistema digestivo. Como o corpo não produz essas bactérias boas, precisamos ingeri-las por meio da alimentação.

QUANDO UM IOGURTE PODE SER CONSIDERADO PROBIÓTICO? 

Para isso, o microrganismo precisa ter uma ‘identidade’. No Brasil, a marca de iogurte, leite fermentado ou bebida láctea precisa apresentar todas essas informações de seus microrganismos aos órgãos reguladores (Anvisa) para poder utilizar a denominação ‘probiótico’. Por isso, leia sempre o rótulo.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!